COMPARTILHE
O Lions Clube de Pacos de Ferreira retomou no passado dia 5 de março de 2022, o projeto “Abraço Solidário “, projeto suspenso devido à COVID-19.
Desta vez, o “Abraço Solidário” foi à D.ª Cândida Castelo, viúva do falecido e bem conhecido Senhor Veiga Ribeiro (Ex-Presidente da Junta de Freguesia de Paços de Ferreira), pessoa muito importante no concelho de Paços de Ferreira, que sempre atuou em prol dos mais necessitados.
Foi uma tarde bem passada, recheada de histórias e de muito amor.
Com noventa anos de idade a Dª Cândida contou a sua história de vida, como se fosse hoje. Foi professora durante oito anos, um sonho de criança. Exerceu a sua profissão em Baião, Entre os Rios, Lordelo, Figueiró, Eiriz e Freamunde.
Conheceu o seu marido na missa (Igreja Paroquial de Paços de Ferreira), namoraram quatro anos e do seu casamento nasceram quatro filhos e adotaram um, com poucos dias de vida. Considera que a adoção foi uma dádiva de Deus.
Ainda no tempo de namoro, o Senhor Veiga Ribeiro foi trabalhar para Moçambique e mais tarde, a Dª. Cândida Castelo decide ir ter com ele, mas já depois de casada, tendo casado através de Procuração.
Adorou viver em Moçambique, voltou pouco antes do 25 de abril de 1974.
A cidade de Paços de Ferreira foi a escolhida para viverem, pois tratava-se da sua terra natal.
Com cinco filhos para criar, tinha que trabalhar para ajudar no sustento da casa, e decidiu ser modista, a mesma profissão de sua mãe.
Dedicou os seus tempos livres à Paróquia da sua Igreja, fazendo parte dos cursos de noivos, na eucaristia dava a comunhão, e levava a comunhão àquelas pessoas que não podiam sair fora de casa.
Estava sempre disponível para ajudar os mais necessitados, sempre presente e de coração aberto.
Foi associada fundadora da “Associação Abrir”, associação que se dedica a ajudar os jovens toxicodependentes, visitou-os nos hospitais, nas cadeias e deu-lhes de comer. Fez um trabalho crucial para que alguns se libertassem do vício e voltassem à vida normal. Ainda hoje se orgulha de passar na rua e ver aqueles que ajudou a recuperar.
Hoje passa os seus dias dedicada a bordar e a fazer croché.
Mostrou alguns dos trabalhos e com orgulho diz que são para os seus filhos.
Os filhos, netos e bisnetos estão sempre presentes na conversa.
Foi uma tarde onde se recordou muito e sempre com muito Amor.
O LCPF agradece muito o facto da D.ª Cândida ter partilhado connosco algumas das suas histórias pessoais, os corações das Companheiras presentes encheram-se de esperança.
Um bem haja!
***
Por Lions Club de Paços de Ferreira